19 outubro 2014

Salvamar Futebol Clube estreia dando goleada no campeonato do servidor municipal.



O time da Salvamar (Salvamar Futebol Clube) estreia com ampla vitória no campeonato de futebol do servidor municipal.
Com o placar folgado Salvamar 8 x 1  Transalvador/Gtran o time da Salvamar estreou com o pé direito e com uma organização de fazer inveja. A equipe conta com o apoio da ABASA(Associação Baiana de Salvamento Aquático), SINDSEPS (Sindicato dos Servidores Públicos da Prefeitura do Salvador) e Sungas Lascador ( que fazem parte da vida do Salva-vidas). Esse grupamento mostrou a que veio. Com sede de vitória o nosso grupamento campeão mostra que não está de brincadeira. No próximo sábado mais uma partida será disputada e nossos representantes irão enfrentar a Saltur. Vamos com tudo para vencer a qualquer tempo a qualquer hora em qualquer mar pois esta missão já faz parte de nossas vidas. 

17 outubro 2014

Título de utilidade pública da Abasa é reconhecimento público de um trabalho bem feito

O Título de Utilidade Pública é concedido a entidades, fundações e associações civis como forma de reconhecê-las como instituições sem fins lucrativos e prestadoras de serviços à sociedade.
Depois de votado e aprovado na Câmara Municipal, o projeto ganha número de lei e é publicado no Diário Oficial do Município (D.O.M.), onde o título fica com a vigência de 5 anos.
A sociedade soteropolitana representada pelos seus vereadores resolveu reconhecer a importância da Associação Baiana de Salvamento Aquático (Abasa). O título de utilidade pública foi aprovado no plenário Cosme de Faria e aguarda apenas a publicação no DOM. Uma prova inequívoca dos serviços prestados pelos anjos do mar ao povo de Salvador.
Este novo instrumento legal permitirá que a Abasa possa incrementar suas ações na defesa dos seus associados. O fomento à capacitação e promoção da categoria passam a contar com mais possibilidades de incentivo.

Para o presidente da Abasa, Pedro Barreto, o título concedido pela Câmara Municipal de Salvador (CMS) permitirá o crescimento da entidade e o empreendimento de novas ações. “Estamos felizes com este novo momento e da mesma forma, sabedores da responsabilidade aumentada. Nossa categoria tem sido batalhadora incansável na proteção da vida nos mares de nossa cidade. Um novo horizonte descortinou para os salva-vidas de Salvador. Poderemos agora avançar na em ações que promovam nosso trabalho e valorizem nossa profissão”, declarou Barreto.
“Considero esse título como o reconhecimento da população em relação a um trabalho bem efeito em nome de uma categoria. Somos parceiros, guerreiros e companheiros sempre leais. Prova disso é que sempre somos chamados a colaborar com nossos colegas em diversas cidades da Bahia. Vamos expandir essa missão junto com os salva-vidas e sua associação”, concluiu.
* Texto Jeremias Silva (Sindseps)

09 outubro 2014

Perigo nas praias de Lauro de Freitas. Demissões da prefeitura afetam a segurança do banho de mar.


Demissões de salva-vidas em Lauro de Freitas põem em risco a segurança de banhistas durante o verão.

Após a nossa denúncia PUBLICADA AQUI a Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas por meio de seu departamento de comunicação (DECOM) nos enviou um e-mail na tentativa de justificar as demissões.
Em nota a prefeitura afirma que "segue uma determinação legal, pois o município não pode ultrapassar um determinado percentual com folha de pessoal." Afirma ainda que "a situação vivenciada pelos  profissionais que atuam no salvamento aquático é semelhante a outras áreas." Esquecendo-se apenas que a determinação legal é para redução na folha de pessoal de toda a prefeitura e o salvamento aquático é uma área crítica que lida diretamente com vidas humanas e que a simples ausência do profissional de salvamento pode gerar um prejuízo irreversível. VIDAS HUMANAS. A prefeitura alega que a falta de 6 salva-vidas não prejudicará a segurança nas praias ignorando demandas como novas contratações e abertura de novos postos de serviço em sua área de atuação, bem como efetivo para cobrir as férias (já vencidas) de diversos profissionais. Nós discordamos e ficaremos vigilantes, denunciando qualquer desdobramento desta triste situação. Se com o efetivo completo os salva-vidas  já sofrem com a sobrecarga de trabalho, a dificuldade de tirar férias, assim como muitas dificuldades em caso de faltas ou licenças médicas pois nestas situações ou o posto fica completamente descoberto ou o salva-vidas trabalha sozinho contrariando normas de trabalho e prejudicando a sua saúde mental com a sobrecarga e o stress.Com as demissões o trabalho responsável fica inviável pois se precariza ainda mais um serviço já deficitário.
Isso sem falar que os salva-vidas não tem rádio comunicação nem material de proteção pessoal EPI disponível. A categoria se queixa ainda que entre os demitidos estão salva-vidas que se destacaram no recente campeonato baiano de salvamento aquático e que integrariam a seleção baiana de salvamento aquático representando Lauro de Freitas no campeonato Brasileiro em Vitória do Espírito Santo.
Notamos que as pessoas que estão em cargos de gestores salvamento aquático na cidade de Lauro de Freitas nada entendem do serviço de salvamento aquático e acreditam que qualquer um consegue gerir um grupamento de salvamento aquático. Nós da ABASA queremos abertura necessária para negociar esta questão pois acreditamos que o diálogo é o caminho.
A categoria estuda uma grande manifestação e não descarta a possibilidade de uma greve no verão.
Estamos vigilantes, e iremos mostrar com fatos e fotos do que estamos falando.

Veja nota na íntegra
"Nota - Prefeitura de Lauro de Freitas
Com relação aos questionamentos sobre a situação dos salva-vidas de Lauro de Freitas, a Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas (PMLF) informa que a readequação do quadro de funcionários da PMLF segue uma determinação legal, pois o município não pode ultrapassar um determinado percentual com folha de pessoal, ou seja, a situação vivenciada pelos profissionais que atuam no salvamento aquático é semelhante de outras áreas.
Quanto à questão da segurança das praias, a Prefeitura destaca que a demissão de apenas seis profissionais não prejudicará a logística do trabalho desenvolvido, pois houve redução da área de atuação do salvamento aquático de Lauro de Freitas, devido à incorporação da Praia de Ipitanga a Salvador oficialmente, a cidade de Lauro de Freitas deixa de ter responsabilidade pela referida área."

Festa do Servidor Municipal de Salvador: Música e prêmios para celebrar nossas conquistas.

panfleto_servidor_15_21
O servidor municipal vai comemorar o Dia do Servidor Público com muita música e prêmios. A nossa festa vai acontecer no próximo dia 27/10, às 18h, na The Hall Eventos. A casa de shows fica na Avenida Otávio Mangabeira, no trecho da Pituba/Jardim dos Namorados, vai ser o local da celebração de nossas conquistas em 2014.
A programação começará às 18h e terá atrações musicais renomadas para animar a nossa festa. O palco terá as bandas “Seu Maxixe”, “Flor de Milho”, “Os Cabras Safados” e a cantora Maristela Muller.
A maior atração da festa será a sua presença para celebração da nossa unidade fraternal e para coroar este momento, um sorteio de prêmios vai agitar a noite dos nossos filiados. Para concorrer é necessário comprovar a sua filiação ao Sindseps.
Você que esteve conosco nas caminhadas, assembleias e reuniões na sede de nossa entidade, agora vai confraternizar conosco neste dia e ampliar a nossa luta para avançar em mais conquistas.
Acompanhe as informações sobre a festa em nossos perfis nas redes sociais nas redes sociais do SINDSEPS FacebookInstagram e no Twitter.